topo
Atibaia/SP
RSS  Twitter  Facebook 

Grupo JC
Acesse tambm:
Você está aqui: HomeNotícias › Notícia completa
Aumentar fonte Diminuir fonte Imprimir
0
CompartilharTwitter Facebook Orkut
31/10/2018 s 09:51

Panorama Poltico Semana 20 a 26 outubro

MUDANÇA

Wagner Cassemiro que em 2008 elegeu um vereador pelo PSL, em 2012 três e em 2014 outros dois, deverá assumir o comando de um grande partido em Atibaia. Ocorre que alguns partidos que não ultrapassaram a cláusula de barreira devem se incorporar a outras siglas e assim se tornam partidos novos. Com isso, recebem um período de janela de 30 dias para receberem políticos com mandato. Assim, Wagner poderá levar seus dois vereadores eleitos e mais o suplente em exercício para a nova legenda. Sem falar que o novo partido poderá receber ainda um reforço e ficar com três vereadores. Por hora nada mais poderá ser dito até o dia 15 de novembro. 


MAJOR

Deputado federal (SP) Major Olímpio, eleito com mais de 9 milhões de votos ao Senado, vem pedidno apoio incondicional dos diretórios do PSL ao governador Marcio França. Agora Olímpio pode ter que encarar a disputa pelo governo paulista em 2022, por conta inclusive do aumento das bases estaduais do PSL, que até lá já será uma das maiores legendas no Brasil. Também pode ter que encarar a disputa pela prefeitura paulistana em 2020, por conta inclusive do aumento das bases municipais do PSL nas Capitais dos Estados.


GOVERNABILIDADE

Mesmo com o Bolsonarismo do PSL, não rolará governabilidade sem uma base com ‘profissas’, como é o caso de membros dos partidos que estiveram com Temer (MDB) e Kassab (dono do PSD) que só não será ministro se não quiser. Senão, pode rolar um Collor (PRN) parte 2.


ALESP

Dependendo da recontagem de votos pra ALESP, a vereadora Patricia (esposa do deputado – ALESP – Bezerra – PSDB – que não se elegeu pra Câmara Federal) pode assumir a vaga no lugar de um dos deputados prejudicados (AVANTE que é ex-PT do B e o REDE). Quem também pode assumir (por conta da recontagem que pode tirá-las do AVANTE e REDE da Marina) é Demarchi (DEM). E falando em DEM, o deputado Chedid pode ser candidato à Presidência num governo Doria (PSDB), como Milton Leite na Câmara paulistana.


PROFESSOR

O professor (Direito) que vai dar o que falar, no caso na Câmara dos Deputados é Luiz Flavio Gomes, eleito pelo PSB do governador França (dono paulista do partido). Marcou posição por candidatura avulsa, sabendo que não rolaria, aceitando por fim ser candidato pelo PSB

Seja o primeiro a comentar!
Veja mais sobre Panorama Poltico [+ notcias]
Publicidade
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Rodapé