topo
Atibaia/SP
RSS  Twitter  Facebook 

Grupo JC
Acesse também:
Você está aqui: HomeNotícias › Notícia completa
Aumentar fonte Diminuir fonte Imprimir
0
CompartilharTwitter Facebook Orkut
19/05/2013 às 07:05

Hospitais particulares de Atibaia estão sem a vacina da gripe H1N1

Rumores sobre a morte de uma professora por conta da gripe suína em Atibaia deixam a população em choque e esgotam as doses da vacina nos dois hospitais particulares

Durante a última semana boatos da morte de uma professora na cidade devido à gripe suína, se espalharam por Atibaia. Com medo, tanto moradores locais, quanto da região invadiram os dois hospitais particulares de Atibaia, o Hospital Novo, localizado na Vila Santista, e o Albert Sabin, no Recreio Estoril, em busca da vacina contra o vírus H1N1. O resultado deste surto foi a falta da vacina em ambos os hospitais.


Buscando entender o caso, o Jornal da Cidade entrou em contato com os dois locais, que confirmaram a procura anormal pela vacina durante a última semana. No Hospital Novo, a enfermeira do setor de vacinação, Karine Saracchini, afirmou que a vacina estocada acabou e que após diversas tentativas com os fabricantes, conseguiu comprar 100 unidades na tarde da última quinta-feira, dia 16. Contudo, Karine estima que estas unidades acabem em um dia. “A procura está muito grande. Acredito que este pouco que tem acabe em um dia só. Para tentar acalmar a população, estamos passando telefones de clínicas em São Paulo, onde provavelmente a vacina está disponível”, disse.


A enfermeira do Hospital Novo Atibaia confirmou ao JC que as pessoas estão descontroladas. “O pessoal está muito assustado. Chegam aqui contando os casos de morte em São José dos Campos que veem na mídia e pensam que em Atibaia a situação também está assim”, afirmou Karine. Contudo, apenas os rumores foram necessários para acabar com o estoque do Hospital Novo, que no início do ano contava com mais de 350 unidades da vacina. “Agora estamos com dificuldades para comprar a vacina, pois a fabricação dela é sazonal e não é sempre que há uma grande quantidade disponível. Como não costumávamos ter um público grande em busca da vacina, não achávamos que íamos ficar sem. Ano passado o estoque acabou apenas em junho, e neste ano já não temos mais”, contou Karine.  


No Hospital Albert Sabin, a busca pela vacina durante a semana foi ainda maior. Em entrevista ao JC, a enfermeira Elaine Santos também constatou a falta da vacina no hospital, que possui uma fila de espera com mais de 200 pessoas em busca da prevenção. “Nós recebíamos uma quantidade pequena da vacina por semana, cerca de 20 unidades. Nesta semana pedimos 100 e as doses acabaram no mesmo dia. Para se ter uma ideia, na última quarta-feira, dia 15, tínhamos uma fila imensa no setor de vacinação, uma área onde apenas um funcionário trabalha, tivemos que colocar três para conseguir vacinar, dar informações e atender telefonemas”, alegou Elaine.

 

A enfermeira contou que assim como o Hospital Novo, o Albert Sabin também está com dificuldades para comprar a vacina. “Os laboratórios estão segurando. Dos cinco que vendem a dose, apenas um está vendendo para nós. Como estamos com uma lista de espera enorme, em um primeiro momento não vamos atender outros pedidos, apenas vacinaremos as pessoas que já deixaram seus nomes. Também daremos prioridade para quem trabalha aqui dentro do hospital, pois estão frequentando diariamente uma área de risco maior”, afirmou Elaine.


A enfermeira garantiu que a vacina não faz efeito de um dia para o outro, pois a dose demora em torno de 30 dias para deixar a pessoa imune. “As pessoas tem que se acalmar, pois a dose não vai fazer um efeito imediato, e também entender que só não estamos vacinando devido à dificuldade com a compra das vacinas”, disse Elaine.


Há suspeitas de duas mortes pela gripe suína em ambos os hospitais de Atibaia, assim como rumores de três falecimentos por conta do vírus em Bragança Paulista e outros três em Joanópolis. Porém, a confirmação da morte pela gripe ainda não foi confirmada em nenhum destes casos.

 

Confira também: Cerca de 79% do público-alvo recebeu a vacinação contra gripe em Atibaia (http://www.jcatibaia.com.br/site/noticia/saude/18139/cerca-de-79-do-publico-alvo-recebeu-a-vacinacao-contra-gripe-em-atibaia.html)

 

 

Flávia Helena

JC Atibaia
Seja o primeiro a comentar!
Veja mais sobre Saúde [+ notícias]
Publicidade
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Rodapé